Venda de bolos liberta mulher da depressão

por Larissa Castro

Publicado em 16 de novembro de 2020 às 17:16
Atualizado em 16 de novembro de 2020 às 17:16
Anúncio

Sem imaginar que um dia comercializaria o que faz de melhor na cozinha, a cuidadora Maria do Socorro Aquino Freire., aos 60 anos, descobriu na confecção e vendas de bolos uma nova renda e a cura para a depressão, ocasionada após ser mandada embora do trabalho, ainda no início da pandemia. Agora, ela produz e entrega de bicicleta o talento gastronômico por toda Guarapari.

Maria do Socorro, empreendedora.

“Socorro, quero bolo!” é através deste chamado que a Maria do Socorro prepara mais de 100 bolos por mês. Sem imaginar que entraria para o ramo da culinária, hoje ela não se vê em outro segmento. “Meu filho mais velho sugeriu: mãe, você sabe fazer bolo. Começa a fazer para venda. Minha nora divulgava e quando eu via, tinha várias encomendas”, recorda.

A dedicação de Maria do Socorro a produção de bolos, ocorreu após ser demitida em meio a um cenário de poucas contratações. “Eu estava em casa de férias e recebi a notícia de que eu estaria demitida em abril, do trabalho que eu estava há um ano e meio. A depressão veio após eu ser mandada embora, pois eu chorava muito. Pensava nas dificuldades, pois não havia emprego e devido a minha idade”, conta a empreendedora.

De forma caseira e responsável pela produção e entrega, Maria do Socorro apresenta uma vasta opção de bolos através do instagram @socorroquerobolo. “Nunca produzi bolo para venda, mas trabalhei em uma fábrica de bolos. Hoje faço para a venda diversos sabores, com coberturas, e faço cursos para bolo, pois quero me aperfeiçoar”.

Devido ao sucesso e ter encontrado na confecção a cura para a depressão, Socorro não pretende retornar ao mercado de trabalho. “Confeccionar bolos me ajudou muito; tanto financeiramente, quanto psicologicamente. Um indica ao outro e isso faz com que eu melhore cada vez mais. As pessoas não podem desacreditar. Sempre há uma saída para momentos difíceis”, sugere.

Tags:

Anúncio

Veja também

eduardo junho vermelho doação de sangue

Junho Vermelho: doar sangue é um ato de amor

Em Guarapari, ações e campanhas visam contribuir com a difícil missão do Hemoes*

soul027-pré-inauguração capa

É hoje! Inauguração da Soul 027 em Guarapari

A nova loja promete conceito diferenciado em moda masculina

Anúncio
testamento-pixabay

Qual a importância de preparar um testamento?

tabagismo

Dia Mundial sem Tabaco; parar tem benefícios quase imediatos

banda-Guarapariense-1

Com raízes em Guarapari, banda Tatto Falconi lança novo álbum direto do Chile

Igreja matriz de Anchieta

Pelo segundo ano, Festa de São José de Anchieta será transmitida on-line

As celebrações acontecem entre os dias 31 de maio e 9 de junho, com limite de público presencial