Anúncio
Sou-Header_Site_Entrevista

Entrevista da semana

Carolina Brasil é jornalista, formada em 2005/2 pelo Centro Universitário Faesa. Iniciou a carreira como estagiária na TV Educativa do ES e, com o diploma em mãos, trabalhou por cinco anos na TV Vitória/Record. Capixaba, mudou-se para o Rio de Janeiro onde passou por agências de Publicidade e Propaganda. Após retornar ao Estado, passou a fazer parte da equipe da HM Propaganda, contribuindo com os veículos jornalísticos, Revista Sou, e outros jobs publicitários. Neste espaço, com ela, você confere uma entrevista especial a cada semana!

Novembro Azul: prevenção não pode ser tabu

Publicado em 1 de novembro de 2020 às 15:00
Atualizado em 1 de novembro de 2020 às 15:02
Anúncio
Dr. Gláucio Oliveira – urologista. Foto: Reprodução

O mês de novembro chegou e, com ele, a cor azul para alertar os homens quanto ao câncer de próstata. Sobre o tema conversamos com o urologista Dr. Gláucio Oliveira, que destacou que a campanha do NOVEMBRO AZUL está bem ativa nos dias de hoje devido a uma iniciativa realizada há mais de 20 anos, na Austrália: um grupo de rapazes resolveram deixar os bigodes crescerem e usarem roupas azuis durante todo o mês em razão do dia 17/11 – Dia Internacional do Câncer da Próstata; ideia abraçada, então, pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dr. Gláucio ainda tirou dúvidas e lembrou que, infelizmente, ainda sim, o exame do toque retal ainda é um tabu:

Revista Sou: O que é e qual a função da próstata?

Dr. Gláucio Oliveira: Todo homem tem próstata, já nascemos com a próstata; a mulher tem útero enquanto o homem a próstata. A próstata tem a função de produzir mais de 90% do esperma, líquido que é ejaculado pelo pênis durante a relação sexual.

RS: Como o câncer afeta a próstata, quais as principais consequências da doença para o corpo?

GO: O câncer da próstata inicia de modo silencioso, ou seja, sem sintomas e depois vai ocupando toda a próstata e em seguida espalha pelo corpo, que que são as metástases, atingindo órgãos como os ossos da coluna, bacia e pernas, pulmão, fígado e cérebro provocando muita dor, alterando e até mesmo paralisando as funções.

RS: Quais os principais fatores de risco?

GO: Parentes de primeiro grau (filho ou irmão) de quem apresentou a doença e pessoas de raça negra são os fatores que observamos a maior prevalência da doença.

RS: No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens. Quais as principais formas de prevenção?

GO: A melhor prevenção ainda é realizar periodicamente os exames do toque retal e laboratorial de PSA. Deve-se salientar que os exames não se substituem, ou seja, o exame de PSA não substitui o exame de toque retal, e vice-versa.

RS: A partir de qual idade é preciso realizar os exames?

GO: Segundo a SBU – Sociedade Brasileira de Urologia, deverão ser realizados os exames de toque retal e o PSA em todos os homens acima dos 50 anos e, nos grupos com maiores prevalências, os exames deverão ser realizados a partir dos 45 anos.

RS: A detecção precoce do câncer é uma estratégia para encontrar o tumor em fase inicial e, assim, possibilitar melhor chance de tratamento. Mas o exame do toque retal ainda é um tabu? Qual o passo a passo para um diagnóstico?

GO: Sim, infelizmente, o exame de próstata ainda é um tabu, principalmente o exame de toque retal. E o que se observou nessa época de pandemia foi a baixa procura dos homens para a realização do exame da próstata. O passo principal é a consulta preventiva com o urologista, e em casos de alguma alteração serão realizados outros exames como, ultrassonografia, ressonância multiparamétrica da próstata, biópsia da próstata.

Anúncio

Veja também

man-and-woman-working-out-together-at-the-gym

Hipertrofia: ganho de peso saudável também requer determinação e paciência

Bacalhau-Brisamare-Risa

Cardápio solidário: restaurante de Guarapari fará doação ao Recanto dos Idosos

Anúncio
HM-Comunicacao

“Somos HM Comunicação”; com duas décadas de atuação, agência apresenta novidades

as-sinais-de-autismo_15864_l

Abril Azul: identificação precoce de sinais é fundamental para sucesso no tratamento do autismo

Black woman take care of her beautiful skin. Young african woman applying moisturizer on her face while standing in front of the mirror. Smiling black natural girl holding little jar of skin lotion in bathroom for beauty treatment routine.

Como está sua rotina de skincare? Especialista dá as dicas

My preparing for active day

Com orientação profissional, suplementação alimentar é aliada do corpo saudável