Anúncio

Sofre de chulé? Saiba que é possível eliminar o odor

por Larissa Castro

Publicado em 23 de setembro de 2020 às 17:12
Atualizado em 23 de setembro de 2020 às 17:15
Anúncio

O mau cheiro emitido pelo pé, foi popularmente denominado de “chulé”. Este problema que aterroriza a vida de muita gente, pode ser combatido com cuidados diários. Nossos pés transpiram e ninguém está livre disso. Mas com uma boa higienização, é possível evitar.

Engana-se quem pensa que apenas os sapatos fechados provocam o chulé. A transpiração é natural para equilibrar a temperatura dos pés, e apesar de ser um líquido composto por 99% água e 1% sais minerais, este fator natural por si só, não libera odor.

“O chulé não é causado apenas em pessoas que usam sapatos fechados. Sabemos que o cheiro do chulé é causado pela ação de bactérias ou suor, mas o que muita gente não sabe, é que existem muitos fatores que deixam esse odor mais frequente e característico. Algumas das causas podem ser o uso excessivo de sapatos fechados; principalmente materiais sintéticos, utilizar meias por mais de um dia; especialmente em períodos muito quentes, falta de higiene com calçados, consumo exagerado de alimentos; como cebola, alho, pimenta e outros, estresse e picos de tensão ou ansiedade; relação com determinadas doenças como diabetes, obesidades e hipertireoidismo e outras”, esclarece a podóloga Sandra Potiher.

Sandra Potiher, podóloga.

A especialista na região dos pés, explica que qualquer pessoa corre o risco de produzir a bactéria que causa o mau cheiro na região. “Qualquer idade está propensa a ter chulé; visto que trata-se de uma bactéria. A prevenção é: lave bem os pés, de preferencia com o auxilio de uma esponja, com água e sabão neutro ou suave, seque bem os pés, esfolie, aposte em anti-transpirante específico para a redução da transpiração. Use meias limpas sempre, cuide da higienização do seu sapato. Adote essas medidas e notará o cheiro de chulé desaparecer, deixando a área mais fresca e confortável”, sugere.

E mesmo que o mercado forneça alguns tipos de talcos para amenizar o odor. É preciso se atentar ao ideal para você. “Talco para pés que transpiram muito, e spray para pés ressecados. É possível reverter o problema, pois é uma bactéria. Com os cuidados citados, há reversão”, explica Sandra.

Na podologia

“Na sessão de podologia, o profissional esfolia e faz a retirada de células mortas, que impedem a proliferação de bactérias e orienta o produto específico para cada tipo de pele”, finaliza Sandra.

Anúncio

Veja também

Costela-com-barbecue

Costela suína ao molho barbecue

Korpus-2020 filme

Filme descortina Guarapari e celebra 30 anos de escola de dança

Anúncio
Portrait beautiful young asian woman happy smile with floating breakfast in tray on swimming pool

Cinco doenças comuns no verão que você pode evitar

Com cuidados básicos é possível se prevenir contra doenças como intoxicação alimentar, conjuntivite, otite, micose e dengue

marcos-massoterapeuta

Duas mãos pelo seu bem-estar geral

Sabores-Espaco-Buffet-5

Sabores e estrutura alinhados

Montagem - Toninha - Helaine - Adriana (capa)

Máscaras faciais: proteção e ferramenta para superar a crise