Anúncio

Sofre de chulé? Saiba que é possível eliminar o odor

por Larissa Castro

Publicado em 23 de setembro de 2020 às 17:12
Atualizado em 23 de setembro de 2020 às 17:15
Anúncio

O mau cheiro emitido pelo pé, foi popularmente denominado de “chulé”. Este problema que aterroriza a vida de muita gente, pode ser combatido com cuidados diários. Nossos pés transpiram e ninguém está livre disso. Mas com uma boa higienização, é possível evitar.

Engana-se quem pensa que apenas os sapatos fechados provocam o chulé. A transpiração é natural para equilibrar a temperatura dos pés, e apesar de ser um líquido composto por 99% água e 1% sais minerais, este fator natural por si só, não libera odor.

“O chulé não é causado apenas em pessoas que usam sapatos fechados. Sabemos que o cheiro do chulé é causado pela ação de bactérias ou suor, mas o que muita gente não sabe, é que existem muitos fatores que deixam esse odor mais frequente e característico. Algumas das causas podem ser o uso excessivo de sapatos fechados; principalmente materiais sintéticos, utilizar meias por mais de um dia; especialmente em períodos muito quentes, falta de higiene com calçados, consumo exagerado de alimentos; como cebola, alho, pimenta e outros, estresse e picos de tensão ou ansiedade; relação com determinadas doenças como diabetes, obesidades e hipertireoidismo e outras”, esclarece a podóloga Sandra Potiher.

Sandra Potiher, podóloga.

A especialista na região dos pés, explica que qualquer pessoa corre o risco de produzir a bactéria que causa o mau cheiro na região. “Qualquer idade está propensa a ter chulé; visto que trata-se de uma bactéria. A prevenção é: lave bem os pés, de preferencia com o auxilio de uma esponja, com água e sabão neutro ou suave, seque bem os pés, esfolie, aposte em anti-transpirante específico para a redução da transpiração. Use meias limpas sempre, cuide da higienização do seu sapato. Adote essas medidas e notará o cheiro de chulé desaparecer, deixando a área mais fresca e confortável”, sugere.

E mesmo que o mercado forneça alguns tipos de talcos para amenizar o odor. É preciso se atentar ao ideal para você. “Talco para pés que transpiram muito, e spray para pés ressecados. É possível reverter o problema, pois é uma bactéria. Com os cuidados citados, há reversão”, explica Sandra.

Na podologia

“Na sessão de podologia, o profissional esfolia e faz a retirada de células mortas, que impedem a proliferação de bactérias e orienta o produto específico para cada tipo de pele”, finaliza Sandra.

Anúncio

Veja também

capa freire vieira

Um novo conceito de clínica médica e odontológica

bronze na laje de fita (1)

Bronzeamento na laje antecipa marquinha de biquíni para o verão

Anúncio
luciana nascimento (2)

Como incentivar o gosto pela atividade física às crianças

Outubro Rosa HM

Outubro Rosa: HM e parceiros doam mais de R$ 2 mil à Afecc

ribeiro-e-padua

Os 47 anos da Ribeiro & Pádua

pao-de-queijo-1-1

Pão de queijo