Anúncio

Será que meu cão está obeso?

por Revista Sou

Publicado em 9 de abril de 2022 às 17:19 / Atualizado em 9 de abril de 2022 às 17:21

Para 95% dos leitores, a resposta a essa questão vem como de pronto: claro que NÃO! Mas será mesmo? 

Os proprietários de cães e gatos, muitas vezes, têm dificuldade de reconhecer que o pet está acima do peso e isso compromete a saúde do animal. Então, nossa missão aqui é ajudar! 

Antes de mais nada, vamos entender alguns conceitos: 

MAGRO: pouca gordura corporal.  Nada tem a ver com franzino, caquético ou algo do tipo. Magro não tem relação com fragilidade.

MUSCULOSO: se o animal é forte, com musculatura definida e desenvolvida, ele também é considerado magro.  Aquela costelinha aparecendo de leve não é um problema, mas sim saúde! Estudos mostram que há uma expectativa de vida consideravelmente superior em animais magros e fortes. Sim, eles podem ser fortes até mesmo com idade mais avançada.  

Dito isso, vamos então a dicas práticas para avaliação da condição corporal que você mesmo pode fazer: 

PESO IDEAL: MAGRO E MUSCULOSO 

Avalie a musculatura das coxas e peitoral; devem ser avantajadas e definidas.  No caso de animais em que o pelo não possibilita a visualização, ponha a mão, segure firme e perceba se é rígida e bem definida; as costelinhas podem aparecer. No caso de um cão de pelo curto, o arco costal deve ser visível. Claro que se ele for um cão musculoso não aparecerá de forma proeminente, por mais magro que seja, mas você poderá sentir. Já em um cão de pelo avantajado você não vai ver com clareza, mas deve sentir as costelas de maneira relativamente fácil. Já a coluna vertebral, essa você deve sentir pouco ou nada.  Mas vamos ter muito cuidado para não distorcer as informações: um cão magro é um cão saudável quando é musculoso, esse é um animal ativo, feliz e disposto, diferente do animal que trataremos a seguir. 

SUBPESO:  

Essa é uma condição mais rara e mais grave. Este animal, além de magro, está perdendo massa muscular. Nesse caso, as costelas aparecem de forma proeminente e podem ser percebidas nitidamente à distância. As musculaturas dos membros posteriores estão reduzidas e flácidas, e pode-se perceber a coluna vertebral proeminente em praticamente toda a extensão.  Também se tornam perceptíveis os ossos da bacia pélvica. Esse animal provavelmente está com alguma doença em estado avançado e deve ser levado ao médico veterinário o mais breve possível, mesmo que ainda esteja ativo. 

SOBREPESO: “o cão fofinho” 

É preciso entender de uma vez por todas que cães acima do peso não são fofinhos, são doentes! Eles sofrem com o próprio sobrepeso e isso traz sérias consequências à saúde dele. 
Se o seu cão não mostra as costelas e não é possível definir a silhueta dos músculos ligue o sinal de alerta! Além disso, existem comportamentos inerentes a essa condição corpórea: o animal evita se exercitar e passear, passa boa parte do tempo dormindo ou comendo, aparenta sentir dores ao caminhar, caminha com lentidão e dificuldade, apresenta constantes problemas de pele e pelos, dentre outros distúrbios. Se queremos que nossos pets vivam mais e melhor, chegou a hora de ter um olhar mais criterioso sobre o corpo deles e de como participamos desse processo, afinal, como sempre gostamos de dizer aqui na Guaravet, “os pets não abrem a geladeira”. Portanto, nós somos responsáveis pelas escolhas alimentares e, consequentemente, pelos problemas que isso pode trazer.  

Se esse texto te ajudou a identificar sinal de SUBPESO ou SOBREPESO no seu pet, informe-se com o veterinário da sua confiança e procure o tratamento ideal. 

Queremos que seu pet viva mais e melhor! 

Dr. Renato Marcondes – CRMV ES 1226 – Autor do livro: “Causas e Consequências da Obesidade em cães: como evitar e como tratar”  

Dra. Aline Marcondes – CRMV ES 746 – Medicina Felina e Terapia Canabinóide Veterinária 

Veja também

foto-1-1

Sob nova direção, Cheirin Bão é o sabor mineiro na cidade

20240412_163652-1

Roupas como novas com os serviços da LavExpress

20240419_164559338_iOS

Desvendando o futuro da Odontologia: o poder da digitalização

IMG_0795

Está chegando a hora! Faltam três dias para o Baile da Sou

traballhar-em-destaque

Enxergar e se reconhecer: Óticas Sara chegam com estilo e qualidade a Guarapari

USAR-ESTA-FOTO

A nutri te ensina: Mamãe em forma – é possível recuperar a boa forma após o parto?