Anúncio

Secreção ocular: atente-se aos sinais do seu cão

por Larissa Castro

Publicado em 16 de setembro de 2020 às 13:08 / Atualizado em 16 de setembro de 2020 às 13:13

Assim como nós seres humanos, os cães também produzem a secreção ocular, popularmente conhecida como remela. O sinal liberado pelo animal é comum, se ocorrido apenas uma vez ao dia. Mais que isso, o tutor deve buscar um médico veterinário para receber o verdadeiro diagnóstico, que pode ser resultado de diversas doenças internas.

A secreção é considerada excesso a partir do momento em que o pet passa a eliminar a “remela” com frequência, em cor escura, ter coceira ou mau cheiro. Com uma vasta possibilidade de doenças, a busca pelo veterinário pode promover a cura do problema.

Secreção ocular em excesso não deve ser considerada normal.

“Isso tem que levar em consideração, pois essa secreção, popularmente chamada de remela, nem sempre é uma conjuntivite. As vezes é o anúncio de uma infecção, doença sistêmica, e aí temos o olho como uma janela, para ficar atento. A doença mais comum dessa reação, está ligada à doenças oculares; a ceratoconjuntivite seca, por exemplo. Mas não fica descartado outros problemas como alergia, verminosa, e infecções que são do corpo, não apenas do olho”, orienta e veterinária Marcela Barro Azevedo.

Marcela Barros e um cão da raça bulldog francês. Foto: Arquivo pessoal.

Apesar de cães braquiocefálicos, como as raças pug, bulldog, shitzu e Lhasa apso terem maior chance de contraírem a ceratoconjuntivite seca, o problema pode se manifestar em qualquer idade do cãozinho, e em outras raças. “Independente da idade do animal, não é normal. Deve buscar o veterinário assim que isso se manifestar, pois há cura, e no caso de conjuntivite seca, há manutenção através de tratamentos”, reforça a veterinária Marcela, que atende na clínica Cane & Gatto, em Guarapari.

Veja também

WhatsApp-Image-2024-04-19-at-09.33.19

ES Gás investirá R$ 50 milhões na implantação de rede de gás em Guarapari

mulher-lendo

Dia Mundial do Livro: confira 8 obras sobre saúde feminina para melhorar a relação com seu corpo

Moqueca-servida-em-Anchieta_9070

Rota dos Sabores: Espírito Santo tem diversidade gastronômica para todos os gostos

doações RB capa

Escola Rui Barbosa une solidariedade e carinho em forma de doações

Campanha para arrecadar roupas e calçados ganhou traço marcante da escola

meaipe-nova-orla-projeto

Meaípe vai ganhar nova orla e Festival de Frutos do Mar para atrair mais turistas

DSC_5545-1

Jornalista lança livro sobre festival de música que marcou Guarapari nos anos 70