Anúncio

Memórias compartilhadas: O missionário da Solidariedade

por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 30 de março de 2023 às 11:41
Atualizado em 13 de abril de 2023 às 10:46

Memórias compartilhadas: O missionário da Solidariedade

por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 30 de março de 2023 às 11:41 / Atualizado em 13 de abril de 2023 às 10:46
Fotos: Arquivo Revista Sou

Em comemoração aos 10 anos da SOU, iremos relembrar algumas páginas que marcaram a história da revista. Na primeira edição, em maio de 2013, o missionário Alcy Siqueira foi pauta de uma entrevista na qual relatava sua vida dedicada à preparação de sopas para cerca de 130 famílias no bairro Lameirão, onde morava. Sr. Alcy era cozinheiro e ex-catador de lixo, e contou à SOU o que o levou a dedicar seu tempo a ajudar famílias carentes.

“Um dia uma senhora lá no Bico do Urubo (região do Lameirão e uma das mais carentes de Guarapari), a Dona Ana Rosa me chamou para arrumar o tanquinho de lavar roupa dela. Para consertar, eu tinha e tirar o tanquinho daquele lugar, mas tinha um balde me atrapalhando. Quando tirei o balde, a tampa caiu e eu vi que estava cheio de osso podre, que ela falou que iria fazer sopa para ela e a neta. Ao ouvir isso, meu coração bateu tão forte que eu falei que ela nunca mais iria comer isso e joguei aqueles ossos no mangue. Quando eu saí da casa, orei e pedi que Deus estivesse olhando por ela. Quando eu acabei de orar, eu pensei: meu Deus, tanta gente passando necessidades, às vezes até fome. (…) E pedi ajuda para que fizesse uma sopa não só para a senhora, mas também para os moradores daqui. E foi assim que tudo começou”, contou à época.

Alcy, então, passou a correr atrás de doações e conseguia dinheiro, alimentos e cestas básicas. “Quando o sopão passou a ter visibilidade maior, atraiu a imprensa, fiz algumas entrevistas e com isso, consegui muitas outras doações”.

A distribuição da sopa era feita de acordo com a quantidade de pessoas de cada família. Havia um a lista de beneficiados, que girava em torno de 129 famílias. A refeição era servida todas as sextas-feiras.

“O segredo da sopa é fazer com muito amor, ser dedicado a isso. Eu gosto de fazer.”

Perguntado sobre o seu maior sonho , ele respondeu que, antes de morrer, queria ver todos adorando a Deus. “Que nós consigamos manter a missão de continuar fazendo esse sopão e ajudar ao próximo”. Sr. Alcy faleceu em janeiro de 2017 e o seu sopão não teve continuidade desde então.

Sou 10 Anos – Memórias compartilhadas

A revista SOU, a queridinha de Guarapari e região, comemora 10 anos. E para isso prepara uma festa cercada de experiências inesquecíveis e planejada para ser um momento em que as memórias dessa primeira década virão à tona e serão compartilhas com todo público presente. O evento acontece no dia 20 de maio na Luazul. Ingressos e mesas já estão sendo comercializados, com valores sob consulta. Para mais informações e vendas, entre em contato: Elisa Santos (27) 99986-7264 / Hamilton Garcia (27) 99983-0333.

Compartilhe:

Sou10 - Banner patrocinadores - Sites_Prancheta 1

Veja também

WhatsApp-Image-2024-04-19-at-09.33.19

ES Gás investirá R$ 50 milhões na implantação de rede de gás em Guarapari

mulher-lendo

Dia Mundial do Livro: confira 8 obras sobre saúde feminina para melhorar a relação com seu corpo

Moqueca-servida-em-Anchieta_9070

Rota dos Sabores: Espírito Santo tem diversidade gastronômica para todos os gostos

doações RB capa

Escola Rui Barbosa une solidariedade e carinho em forma de doações

Campanha para arrecadar roupas e calçados ganhou traço marcante da escola

meaipe-nova-orla-projeto

Meaípe vai ganhar nova orla e Festival de Frutos do Mar para atrair mais turistas

DSC_5545-1

Jornalista lança livro sobre festival de música que marcou Guarapari nos anos 70