Anúncio
Sou-Header_Site_BonApetit

Bom apetite

Frango com quiabo

Publicado em 10 de outubro de 2020 às 09:00
Atualizado em 10 de outubro de 2020 às 09:01
Anúncio

por Chef Soraia Marracini

O frango com quiabo é um prato icônico de Minas Gerais. É uma verdadeira paixão dos mineiros, que também se tornou querido em todo o país. É delicioso e extremamente nutritivo.

Alguns mineiros dizem que sua origem é indígena, outros acreditam que foram os africanos que nos trouxeram a iguaria, porém é um ensopado, que é típico de Portugal. A grande verdade é que a culinária brasileira tem influência fortíssima dos índios, africanos e portugueses. O prato surgiu em Minas, por causa das dificuldades do Estado em trazer alimentos dos grandes centros no século XIX. Era preparado por colonos com animais criados nos quintais. A famosa galinha caipira, e servido com angu pois havia fartura de milho nas roças.

Frango com quiabo e polenta. Foto: Reprodução.

O quiabo também era farto nas plantações. É um fruto rico em vitaminas A, C, B6, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, sódio e potássio. É bom para prevenir problemas cardíacos, faz bem para o cérebro, ajuda na imunidade, além de contribuir para o bom funcionamento do intestino, por ter bastante fibra. É também muito pouco calórico.

Algumas pessoas gostam com a baba, mas a maioria não. Uma dica para tirar a baba sem precisar fritar para não deixar o prato muito gorduroso: pique o quiabo em pedaços médios, coloque numa vasilha com água morna e deixe por uns 15 minutos. Mexa de vez em quando. Ao final, retire o quiabo e seque com papel toalha. A água vai ficar com toda a baba, que serve para fazer hidratação no cabelo. É só acrescentar um pouco de creme.

O quiabo pode ser feito em refogados, saladas, farofas, conservas e em diversos tipos de ensopados. Aqui, uma receita que para mim, como boa mineira que sou, tem gosto de infância.

Ingredientes

1 kg de coxa e sobrecoxa de frango

600g quiabo picado em pedaços médios

300g cebola picada

5 dentes de alho picadinho

3 colheres (s) de óleo

1 colher (sobremesa) de colorau

1 tomate picado

Suco de 1 limão

2 colheres (s) de salsa picada

2 colheres (s) cebolinha picada

Sal e pimenta a gosto.

Preparo

Passe o suco de limão nos cortes de frango, deixe por 3 minutos, lave-os e tempere com sal e pimenta e deixe descansar por 5 minutos. Em uma panela, aqueça 2 colheres de óleo e frite o frango para dourar. Reserve. Na mesma panela, coloque o restante do óleo e acrescente o alho, a cebola e o colorau. Refogue por 2 minutos e junte o frango, o tomate e refogue. Acrescente um pouco de água (o suficiente para cobrir o frango). Deixe cozinhar até o frango ficar macio. Vigie para não deixar secar. Junte o quiabo e matade do cheiro verde. Após 2 minutos, corrija o tempero e cozinhe até o quiabo ficar macio. É um “braseado”, ou seja, um ensopado com pouco caldo. Salpique o restante do cheiro verde e sirva com arroz branco e angu.

O angu é como a polenta, só que não leva tempero. Divirta-se!

Chef Soraia Marracini. Foto: Marcelo Moryan.
Anúncio

Veja também

gestante

Exercícios na gestação: o que não te contaram

Ailana Vilela_capa

Antes do retorno, Samarco implanta o “Força Local”

Anúncio
azul-conecta-voo

Voos diretos para Guarapari

negros

Novembro Negro: conheça algumas expressões racistas e seus significados

socorro quero bolo (1)

Venda de bolos liberta mulher da depressão

Fábio Novaes Sicoob

O que é e o que muda com Pix