Anúncio

Sou-Header_Site_Entrevista

Entrevista

Entrevista: Weriks Andrade, CEO Maple Bear Guarapari

Publicado em 29 de setembro de 2023 às 15:40
Atualizado em 29 de setembro de 2023 às 15:40

Aos 44 anos, o administrador de empresas Weriks Andrade tem orgulho da própria trajetória empreendedora, onde encarou diferentes oportunidades imprimindo coragem e dedicação em cada desafio. Recentemente, assumiu as operações da Maple Bear Canadian School em Guarapari. Em entrevista à Sou, o CEO compartilhou um pouco do histórico profissional e também de como equilibra diferentes frentes de atuação.

Weriks Andrade, administrador de empresas e CEO Maple Bear Guarapari

Revista Sou: Quando e como começou sua trajetória no mundo dos negócios?

Weriks Andrade: Eu comecei a trabalhar muito jovem, aos 17 anos, em uma empresa de material fotográfico. Em pouco tempo, iniciei uma atividade nesse mesmo ramo como vendedor autônomo, viajando e revendendo os produtos aos lojistas. Dos insumos da fotografia, migrei para o material de informática. Foi em 2002 que montei o meu primeiro negócio.

Sou: Do segmento de vendas surgiu uma rede, certo?

WA: Sim, com a expertise que desenvolvi nas vendas de material de informática, hoje, administro uma rede de lojas de informática e games aqui em nosso estado, a WCOM INFORMÁTICA. Abrimos a primeira loja em 2009; são seis atualmente.

Sou: E como iniciou sua atuação em diferentes tipos de empresas?

WA: Empreender está no meu DNA e, mesmo com a consolidação da WCOM, busquei outras oportunidades de negócios, desenvolvi atividades diferentes que hoje não fazem parte do meu escopo e outras que permaneceram. É o caso de uma franquia da Body For Sure, loja de roupas esportivas; e também de uma empresa de sistemas de automação.

Weriks é casado com Jesielle Macedo Andrade há 17 anos, os dois são pais do Benício (10) e do Bernardo (14).

Sou: Nota-se que gosta de desafios, confere?

WA: Confere (risos). Me considero um empreendedor nato, fruto também de muito trabalho e força de vontade. Minha família não é de empresários, minha mãe foi manicure, meu pai motorista de ônibus, mas que me ensinaram a batalhar; e nesse contexto tem Deus sempre à frente abrindo as portas, e também meu próprio perfil. Não dispenso nem avião caindo, quando se fala em apostar em um negócio estou sempre disposto a ouvir qualquer proposta.

Sou: Foi nesse contexto que chegou ao segmento da Educação?

WA: Sim, isso aconteceu com a Maple Bear. Soube que os antigos CEO’s da unidade em Guarapari estavam planejando passar a franquia e me interessei. Primeiro por ter plena consciência de que a educação é pilar fundamental para o futuro de qualquer pessoa. Me interessei também pela paixão que tenho com a metodologia; sou suspeito para falar, tenho filho em outra  unidade da Maple. Estar à frente de uma escola bilingue e que ensina para vida, é uma realização como pai e como empreendedor. Educação não é despesa, e sim investimento com retorno garantido. E, do ponto de vista do empresário, a educação será sempre um bom negócio.

Sou: E como está sendo esse desafio atual?

WA: Hoje a escola tem sido uma prioridade, e tenho buscado (e conseguido) fazer a diferença como gestor. A franquia é algo que vende por si só, a metodologia, o bilinguismo e a qualidade Maple são indiscutíveis, mas cada CEO deve imprimir uma identidade para fazer tudo isso acontecer em alto nível. Estou orgulhoso de ser um ex-aluno de escola pública à frente de uma das maiores redes de ensino do mundo.

Sou: Para você, qual a receita do sucesso?

WA: Particularmente, para mim, não tem receita de bolo. É preciso ter foco no negócio e reunir um bom time, mas acredito no feeling, funcionou assim para mim. Não foi essa ou aquela habilidade, é o conjunto. Gerir pessoas, por mais experiente que você seja, não é fácil. Quando você consegue isso, o segmento independe. Outro detalhe é que não se pode parar. Não descarto a possibilidade de novas frentes, mas estamos focados em dar vida longa aos negócios que já estão em andamento.

Veja também

WhatsApp-Image-2024-05-14-at-11.38.11

Marcado para julho, “Eita, sô” está com ingressos à venda em Guarapari

Segunda edição do arraiá beneficente acontece no dia 7 do próximo mês

Festa Junina RB 2024 (1)

Integração família e escola marca tradicional Festa Junina da Escola Rui Barbosa

Centro-de-Eventos-Morangao

Domingos Martins se prepara para mais uma Festa do Morango; confira a programação

baile_sou_2024 (549)

Baile da Sou – galeria de fotos

baile_sou_2024 (289)

Noite consagra evento da Sou e marca momento de confraternização

czechoslovakian wolf dogteeths  in front of white background

Tártaro ou tartarectomia?