Anúncio
Sou-Header_Site_BonApetit

Bom apetite

Costela suína na cerveja preta

Publicado em 19 de dezembro de 2020 às 09:00
Atualizado em 19 de dezembro de 2020 às 09:00
Anúncio

por Chef Soraia Marracini

Essa receita rende serve quatro pessoas. Foto: Divulgação

Sobre a cerveja preta

A origem desta bebida tão popular remonta à antiga Mesopotâmea, mais precisamente naquela que é considerada a mais antiga civilização, a Suméria. Provavelmente, uma descoberta acidental, proveniente de algum pão que se estragou e passou a ter um gosto diferente e agradável, fruto da fermentação alcoólica e que, ao ser consumido, trazia uma sensação boa, uma alegria diferente, (benditos Sumérios). Não demorou muito e se difundiu por outros povos: babilônios, gregos, egípcios e romanos. A palavra cerveja vem da deusa da agricultura Ceres. Os gregos e romanos achavam que o vinho era bebida dos deuses e passaram a considerar a cerveja bebida de bárbaros, mas na idade média os mosteiros tornaram-se grandes produtores de cerveja. 

O consumo da cerveja também aumentou porque na época não havia saneamento básico e a água era contaminada. Como a cerveja além de conter álcool, passava por um processo de cozimento, o que matava muitas bactérias, muitos substituíram a água por ela. Gente de todas as idades consumiam. Mais tarde, foi acrescentado o lúpulo, que lhe dá o sabor amargo tão característico e ajuda na conservação. A história da cerveja é longa e cheia de curiosidades. O fato é que, o mundo todo se rendeu aos encantos dela. O brasileiro então, é um apaixonado! 

A cerveja preta tem aromas e sabores peculiares. São bastante energéticas, boa para quem precisa renovar as forças, ajuda a prevenir coagulos no sangue. Países como Irlanda e Inglaterra fazem campanha solicitando que doadores consumam cervejas escuras, pois são ricas em ferro. Ela também ajuda a diminuir a probabilidade de desenvolver pedras nos rins em até 40%. Tem antioxidantes naturais, o que ajuda a prevenir doenças cardíacas e auxiliam na reconstrução molecular. Também reduz o risco da catarata e melhora a aparência da pele. Na cidade de Nova Yorque montaram um ”Spa da Cerveja” cujo intuito é aproveitar todos os benefícios que ela pode trazer. Os clientes tomam banho em banheiras cheias de cerveja. Já imaginou? O fato é que, com moderação, ela faz bem sim e ainda trás sabores maravilhosos à preparações como essa que vamos apresentar.

Costela suína na cerveja preta – serve 4 pessoas 

Ingredientes : 

  • 1 kg costelinha de porco 
  • 350 ml de cerveja preta 
  • 1 cebola picada em cubinhos 
  • 1 tomate picado em cubinhos 
  • 1 alho-poró picado em brunoise ( cubinhos bem pequenos) 
  • 1 cenoura picada em brunoise 
  • 2 dentes de alho picadinhos 
  • 10 dentes de alho inteiros 
  • 2 folhas de louro 
  • 1 ramo de tomilho 
  • 250 g molho de tomate 
  • 2 colheres (s) trigo 
  • 2 colheres (s) salsa picada 
  • 2 colheres (s) cebolinha picada 
  • 1 dedo de moça sem sementes picadinha 
  • sal e pimenta do reino à gosto 
  • 3 colheres (s) azeite 

Modo de fazer: 

Corte a costela em ”ripas”, de um ou dois ossos, tempere com sal e pimenta e polvilhe-as com trigo. Numa panela, aqueça o azeite e frite as costelas até dourar levemente. Acrescente a cebola e refogue um pouco. Depois junte o alho picado e refogue mais um pouco. Junte o tomate picado, a cenoura, o alho-poró, a dedo de moça o louro e o tomilho, mexa um pouco e adicione o molho de tomates . Após 1 minuto, coloque a cerveja. Deixe ferver e adicione água até cobrir para cozinhar. Se for usar panela de pressão, a costela precisa de mais ou menos 30 minutos, mas os dentes de alho inteiros tem que entrar uns 5 minutos antes. Eu gosto de cocção delongada em fogo baixo e sem pressão. Demora muito mais, tem que ficar vigiando, mas o resultado é outro, os sabores explodem na boca. Neste caso, o alho precisa entrar uns 15 minutos antes de desligar, ou até ficar macio. A salsa e a cebolinha devem ser acrescentadas 1 minuto antes de servir, quando também deve-se corrigir o tempero. Cuide para que o caldo fique bem espesso e a costela bem macia. 

Anúncio

Veja também

Lenine-em-Transito-07-Flora-Pimentel-p

Lives continuam sendo a alternativa cultural em tempos de pandemia

capa para pauta moda sem gênero

Roupas sem gênero ditam moda e comportamento

Anúncio
slackline-Fatima

Equilíbrio e concentração: slackline ganha adeptos em Guarapari

Bacalhau no forno ao alho

Bacalhau no forno ao alho

pet páscoa

Páscoa e pets: brincadeira pode, chocolate não!

Risa-Irma-Marilza

(Re)conheça e ajude o Recanto dos Idosos em Guarapari