Anúncio

Com boneca de crochê, artesã inspira corrente do bem

Nela, os elos são: Solidariedade, empatia, troca, aprendizado e motivação

por Carolina Brasil

Publicado em 1 de setembro de 2019 às 09:00
Atualizado em 14 de agosto de 2020 às 10:18
Anúncio
Os cabelos da Boneca Vida são como perucas. Fotos: Divulgação

Em pouco mais de um ano, a boneca Vida já foi além e se tornou o ponto de partida para uma grande rede de apoio em torno das crianças acometidas pelo câncer e que também envolve pessoas em situação de vulnerabilidade social, depressão e detentos. Uma corrente do bem, como define a artesã e idealizadora do projeto, Rogéria Aguiar. 

No dia 11 de abril de 2011, Rogéria enfrentou o diagnóstico do Câncer de Mama e as incertezas que viriam a partir do tratamento. “Foi no dia do meu aniversário. Eu era diretora na Escola Rui Barbosa, em Guarapari. Comemorei com os meus colegas e comuniquei a notícia. Fui acolhida e abençoada por eles”, lembrou. 

Rogéria Aguiar

Para ela, ninguém passa por um tratamento oncológico sem se transformar. As dores e as angústias se tornaram cura e motivação para a solidariedade. Rogéria conta que, alguns anos depois da superação, confeccionando uma boneca para a sobrinha, sentiu que peça poderia significar mais do que um brinquedo.  “Enfrentar um câncer não é fácil e tão pouco simples. A perda dos cabelos é uma consequência marcante. Deus me mostrou que a boneca poderia servir de acalanto e identificação para as crianças que enfrentam a doença. Assim surgiu a Vida”. 

Vida é careca, mas vem acompanhada de uma peruca. A boneca é feita de linha de crochê e confeccionada com uma técnica japonesa. Ela tem até um irmão, que ganhou o nome de Bernardo, inspirado em um menino que venceu a Leucemia. Assim, a partir de meados de 2018, a artesã passou a se dedicar a produção das bonecas e dos bonecos para doar as crianças assistidas pela Acacci – Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil – e em tratamento no setor de oncologia do Hospital Infantil de Vitória. 

E isso é só um elo da corrente. Atualmente, mais de 50 pessoas colaboram fazendo as bonecas e tantas outras ajudam com recursos e linhas. Por aqui, detentos do regime fechado foram impactados pela causa, aprenderam a técnica e aproveitam o tempo ocioso para confeccionar bonecas. “Nunca imaginei o tamanho dessa corrente, é como se a ‘Vida’, além de dar alegria para as crianças, fosse uma nova chance para quem errou. Só posso afirmar que tudo isso é Deus”, destacou Rogéria emocionada. 

Como profissional da Educação, a artesã mantém o dom de ensinar e já viaja o Brasil propagando a iniciativa, semeando o bem. São Paulo, Cuiabá e onde mais a “Vida” pedir. Não há limites geográficos. Recentemente, Rogéria ensinou quase 30 mulheres no Piauí em uma ação missionária e se prepara para voltar a capital do Mato Grosso para a entrega de 200 bonecas. Ainda este ano, ela também viaja para o Canadá onde ensinará a técnica em uma ONG que já atua em apoio às mulheres que precisam realizar a mastectomia e, inclusive, ajudou no registro de patente para a boneca. Dedicada à causa, Rogéria também faz palestras e conta com a solidariedade para continuar e expandir o projeto. Quem quiser ajudar, basta enviar mensagem via Whatsapp (27) 99694-3835. 

Gincana arrecada mais de 120 mil metros de linha 

Parte dos alunos da Escola Rui Barbosa contabilizando o resultado da gincana.

Como parte das Olimpíadas Escolares 2019, a Escola Rui Barbosa, em Guarapari, estimulou os alunos e arrecadou com eles nada mais nada menos do que 121.210 metros de linhas, matéria-prima para a confecção das ‘Vidas’ e dos ‘Bernardos’ que farão a alegria das crianças e servirão de motivação para quem, ponto a ponto, escolheu doar parte do tempo para a confecção. “Antes do incentivo às práticas esportivas, nossas Olimpíadas têm sempre o objetivo principal de abraçar uma causa social, estimulando nos alunos o espírito solidário, a empatia e o amor ao próximo. Rogéria faz parte da história da nossa Instituição e, neste ano, não poderíamos escolher outro projeto que não o dela”, ressaltou a diretora Ridamar Souza Lima. 

Anúncio

Veja também

Costela-com-barbecue

Costela suína ao molho barbecue

Korpus-2020 filme

Filme descortina Guarapari e celebra 30 anos de escola de dança

Anúncio
Portrait beautiful young asian woman happy smile with floating breakfast in tray on swimming pool

Cinco doenças comuns no verão que você pode evitar

Com cuidados básicos é possível se prevenir contra doenças como intoxicação alimentar, conjuntivite, otite, micose e dengue

marcos-massoterapeuta

Duas mãos pelo seu bem-estar geral

Sabores-Espaco-Buffet-5

Sabores e estrutura alinhados

Montagem - Toninha - Helaine - Adriana (capa)

Máscaras faciais: proteção e ferramenta para superar a crise