Anúncio

Coletivo cultural Sinestesia promove oficinas artísticas gratuitas em Guarapari

O Festival Gratidão oferece aulas on-line de percussão, estamparia, dança, luta, canto, coral e composição

por Redação Revista Sou

Publicado em 17 de janeiro de 2022 às 10:46 / Atualizado em 17 de janeiro de 2022 às 11:12
Foto: divulgação.

Nesta semana, acontece a segunda edição do Festival Gratidão. O evento realizado pelo coletivo cultural capixaba Sinestesia – Criatividade Coletiva tem por objetivo democratizar o acesso à arte e cultura em território guarapariense, ao promover um intercâmbio de saberes e afetos.

A iniciativa conta com o apoio do Governo do Estado do Espírito Santo e com recursos do Fundo Estadual de Cultura do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) via Edital 029/2019 – Territórios Criativos.

A primeira edição do Festival Gratidão aconteceu em novembro de 2014, em Setiba, Guarapari, e foi a ação inaugural do coletivo. “O evento contou com uma série de atrações que priorizavam o compartilhamento de saberes, como shows musicais, varal de poesia, roda de congo, exposição fotográfica, oficinas de estêncil e esquetes teatrais”, relembra o sociólogo, produtor cultural e membro do Sinestesia, Bruno de Deus e Magnago.

Contudo, devido à pandemia, esta edição do Festival Gratidão, que originalmente iria circular pelos bairros Adalberto Simão Nader e Kubitschek, precisou ser adaptada para o formato on-line. Desse modo, ao invés de levar as oficinas presenciais às comunidades, o coletivo disponibilizará as aulas no YouTube, de maneira totalmente gratuita.

Ministradas por agentes culturais locais, as videoaulas vão ao ar no dia 17 de janeiro. “Nossa prioridade, mesmo nesse novo modelo, foi movimentar a economia local, através da injeção de insumos e também da valorização dos fazedores de arte e cultura da região”, ressaltou Magnago.

Ao todo, o festival irá promover cinco oficinas. A artista plástica e professora de Arte, Brisa Marina, dará aulas de estamparia; O educador musical, Ruann Freitas, comandará as aulas de percussão; o músico, poeta e compositor, Emmanuel 7Linhas vai lecionar canto, coral e composição musical; os dançarinos Elcimar dos Santos e Gilson Felipe Ribeiro vão comandar as aulas de Breakdance para iniciantes e o professor de Educação Física e poeta Filipe Aleixo vai ministrar as aulas de Sumô.

De acordo com a cineasta, produtora cultural e integrante do Sinestesia, Cora Made, as oficinas foram escolhidas a partir da vontade do grupo de difundir conhecimentos que possibilitem aos alunos adquirir renda através da arte.

“O Gratidão se reinventou para levar para a casa das pessoas uma formação cultural, com profissionais de várias áreas da arte. As oficinas oferecidas no evento serão muito úteis para aqueles que desejam começar algo novo e, até mesmo, ter uma capacitação que a leve para uma área de atuação profissional diferente”, finaliza a produtora cultural.

Festival Gratidão – Sinestesia Coletivo

Data: 17 de janeiro

Local: Canal no YouTube do Sinestesia – Criatividade Coletiva

Mais informações: https://www.instagram.com/festivalgratidao/

Texto: Nicolly Credi-Dio.

*Assessoria de Comunicação do Sinestesia – Criatividade Coletiva.

Veja também

foto-1-1

Sob nova direção, Cheirin Bão é o sabor mineiro na cidade

20240412_163652-1

Roupas como novas com os serviços da LavExpress

20240419_164559338_iOS

Desvendando o futuro da Odontologia: o poder da digitalização

IMG_0795

Está chegando a hora! Faltam três dias para o Baile da Sou

traballhar-em-destaque

Enxergar e se reconhecer: Óticas Sara chegam com estilo e qualidade a Guarapari

USAR-ESTA-FOTO

A nutri te ensina: Mamãe em forma – é possível recuperar a boa forma após o parto?