Anúncio

Bichectomia: a cirurgia para diminuir bochechas

por Larissa Castro

Publicado em 8 de setembro de 2020 às 12:14 / Atualizado em 8 de setembro de 2020 às 12:14

A bichectomia tem ganhado cada vez mais o interesse dos apaixonados por procedimentos estéticos e aqueles que buscam por uma estética facial harmônica. A cirurgia que possui a função de remover a bola de Bichat ou o corpo adiposo da bochecha, deve ser feito apenas por profissionais da odontologia ou cirurgiões plásticos.

Em Guarapari, a dentista e pós-graduanda em harmonização orofacial, Samara Matar, recomenda que o procedimento seja feito após o crescimento da face. Adolescentes podem se submeter a cirurgia, desde que sejam autorizados pelo responsável. “O ideal é fazer a intervenção após o crescimento completo da face da paciente. Adolescentes podem fazer o procedimento, deste que sejam autorizadas pelos responsáveis. A média de idade mínima gira em torno dos 20 anos, aproximadamente”.

Drª Samara Matar atua na Clínica Simões Costa Odontologia e Medicina. CRO ES 8745.

Além da busca por estética, a bichectomia também é utilizada por pacientes que possuem o incomodo de morderem o lado interno da bochecha, gerando feridas frequentes. “O objetivo da bichectomia é diminuir as bochechas. Pessoas insatisfeitas com o volume elevado das bochechas e que buscam uma estética facial mais harmônica e atraente. Para pessoas que mordem com frequência a bochecha e acabam se machucando, também é indicado”, alerta a dentista que atua na clínica Simões Costa Odontologia e Medicina.

Com o valor variado de 1200 a 3000 reais, dependendo do profissional, a cirurgia, segundo a Drª Samara Matar, o procedimento não gera consequências. Segundo ela, a função da Bichat é essencial apenas para recém-nascidos. “A bola de Bichat, que é a gordura removida na bichectomia, tem a função de facilitar a amamentação nos recém-nascidos. Após a infância, a Gordura de Bichat não tem mais função fisiológica, podendo ser retirada sem problemas e sem danos futuros”, explica.

Bola de Bichat. Foto: Reprodução.

Pós- operatório

“O maior desconforto no pós operatório é causado pelo inchaço que ocorre após a cirurgia. Esse edema, costuma ser semelhante ao que ocorre com a retirada de dentes (siso principalmente) e começa a diminuir após 48 horas. Geralmente indico drenagens para ajudar com o inchaço. Quando não há associação com outras cirurgias (lipo do pescoço por exemplo), não há necessidade de curativos, pois os pontos ficam dentro da boca”, explica Samara.

Veja também

foto-1-1

Sob nova direção, Cheirin Bão é o sabor mineiro na cidade

20240412_163652-1

Roupas como novas com os serviços da LavExpress

20240419_164559338_iOS

Desvendando o futuro da Odontologia: o poder da digitalização

IMG_0795

Está chegando a hora! Faltam três dias para o Baile da Sou

traballhar-em-destaque

Enxergar e se reconhecer: Óticas Sara chegam com estilo e qualidade a Guarapari

USAR-ESTA-FOTO

A nutri te ensina: Mamãe em forma – é possível recuperar a boa forma após o parto?