Anúncio

Bichectomia: a cirurgia para diminuir bochechas

por Larissa Castro

Publicado em 8 de setembro de 2020 às 12:14
Atualizado em 8 de setembro de 2020 às 12:14
Anúncio

A bichectomia tem ganhado cada vez mais o interesse dos apaixonados por procedimentos estéticos e aqueles que buscam por uma estética facial harmônica. A cirurgia que possui a função de remover a bola de Bichat ou o corpo adiposo da bochecha, deve ser feito apenas por profissionais da odontologia ou cirurgiões plásticos.

Em Guarapari, a dentista e pós-graduanda em harmonização orofacial, Samara Matar, recomenda que o procedimento seja feito após o crescimento da face. Adolescentes podem se submeter a cirurgia, desde que sejam autorizados pelo responsável. “O ideal é fazer a intervenção após o crescimento completo da face da paciente. Adolescentes podem fazer o procedimento, deste que sejam autorizadas pelos responsáveis. A média de idade mínima gira em torno dos 20 anos, aproximadamente”.

Drª Samara Matar atua na Clínica Simões Costa Odontologia e Medicina. CRO ES 8745.

Além da busca por estética, a bichectomia também é utilizada por pacientes que possuem o incomodo de morderem o lado interno da bochecha, gerando feridas frequentes. “O objetivo da bichectomia é diminuir as bochechas. Pessoas insatisfeitas com o volume elevado das bochechas e que buscam uma estética facial mais harmônica e atraente. Para pessoas que mordem com frequência a bochecha e acabam se machucando, também é indicado”, alerta a dentista que atua na clínica Simões Costa Odontologia e Medicina.

Com o valor variado de 1200 a 3000 reais, dependendo do profissional, a cirurgia, segundo a Drª Samara Matar, o procedimento não gera consequências. Segundo ela, a função da Bichat é essencial apenas para recém-nascidos. “A bola de Bichat, que é a gordura removida na bichectomia, tem a função de facilitar a amamentação nos recém-nascidos. Após a infância, a Gordura de Bichat não tem mais função fisiológica, podendo ser retirada sem problemas e sem danos futuros”, explica.

Bola de Bichat. Foto: Reprodução.

Pós- operatório

“O maior desconforto no pós operatório é causado pelo inchaço que ocorre após a cirurgia. Esse edema, costuma ser semelhante ao que ocorre com a retirada de dentes (siso principalmente) e começa a diminuir após 48 horas. Geralmente indico drenagens para ajudar com o inchaço. Quando não há associação com outras cirurgias (lipo do pescoço por exemplo), não há necessidade de curativos, pois os pontos ficam dentro da boca”, explica Samara.

Anúncio

Veja também

gestante

Exercícios na gestação: o que não te contaram

Ailana Vilela_capa

Antes do retorno, Samarco implanta o “Força Local”

Anúncio
azul-conecta-voo

Voos diretos para Guarapari

negros

Novembro Negro: conheça algumas expressões racistas e seus significados

socorro quero bolo (1)

Venda de bolos liberta mulher da depressão

Fábio Novaes Sicoob

O que é e o que muda com Pix