Anúncio

Atividade física: uma aliada contra a depressão

por Carolina Brasil

Publicado em 23 de fevereiro de 2021 às 11:29
Atualizado em 23 de fevereiro de 2021 às 11:30
Anúncio
Alba Sampaio | @albasampaiopsico (27) 99962-6162

Difícil falar em saúde, prevenção ou cura de doenças, sem incluir a atividade física como aliada e até ponto fundamental no processo para obtenção de resultados positivos. Com a depressão, uma das doenças que mais afeta a população mundial, não é diferente. 

A depressão se caracteriza por uma doença psiquiátrica que atinge o corpo como um todo, impactando nos aspectos físicos e psicológicos do indivíduo, alterando a forma dele ver o mundo, de sentir, causando, em geral, tristeza, insegurança, culpa, pessimismo e desânimo; a alimentação, o sono e a vontade para atividades cotidianas ficam, muitas vezes, alterados. 

Diante de um quadro depressivo, o combo psicoterapia, medicação, apoio familiar e exercício físico é o importante para reverter a condição. Para a psicóloga Alba Sampaio, a atividade física, em especial, ajuda de diversas formas. “A atividade física é imprescindível para ajudar a pessoa com depressão; primeiro porque é movimento, e a pessoa precisa se ‘movimentar’ para sair de uma certa inércia que a depressão provoca. Fazer atividade física libera endorfina, que promove bem-estar; produz substâncias químicas naturais do cérebro, que dão ânimo; e é um momento para livrar a mente das preocupações, para que a pessoa possa sair do ciclo vicioso que a doença promove”, destacou. 

Alba ainda lembrou de outras vantagens da atividade física, como estimular autoconfiança, especialmente quando as metas do exercício são alcançadas; aumento da autoestima; e desenvolvimento da interação social, que é de extrema importância para sair do estado depressivo.

Maria Luiza Lino de Macedo, comerciante

A comerciante Maria Luiza Lino de Macedo conhece bem os benefícios da atividade física frente à depressão. “A depressão chegou no final de 2017 e travei uma luta difícil contra ela por dois anos e meio; foram muitas consequências, eu não queria fazer nada, tive TOC, síndrome do pânico, ganhei peso… Precisei de muita coragem, apoio familiar e muita fé em Deus, para dizer a mim mesma: “ou faço alguma coisa por mim ou vou morrer”. Eu já fazia uso de medicamentos, acompanhamento médico, mas ainda não era o suficiente; foi quando decidi começar a caminhar na praia. Da caminhada, passei ao treinamento funcional e até correr, agreguei também a ajuda de uma nutricionista, além do profissional de Educação Física, me livrei da doença e perdi 20kg; não há dúvidas do quanto a atividade física foi fundamental nesse processo. E melhor, tudo isso me trouxe de volta o desejo de fazer as coisas e empreender. A Mallumi Fitness é a realização de um sonho!”, contou a empreendedora que, recentemente, inaugurou uma loja de roupas de ginástica no centro de Guarapari.

O que dizem os profissionais de Educação Física

Quais os benefícios da atividade física no combate à depressão?

Mariana Fernandes 
Personal Trainer CREF: 00834G/ES | @profmarifernandes | (27) 99896-9885 

“As pesquisas demonstram que a prática de exercícios regulares, além dos benefícios fisiológicos, acarreta também em vários benefícios psicológicos, tais como: melhora do humor, aumento da autoestima, redução do stress, da ansiedade, da tensão e da própria depressão. A prática regular e sistematizada de exercícios estimula o organismo a produzir endorfina, responsável por causar sensação de prazer e bem-estar. O segredo está na escolha certa de uma atividade que seja agradável, funcional e adequada, optando por uma modalidade na qual a pessoa se sinta bem e que realmente goste, para evitar o desânimo e a frustração. É essencial transformar o treino diário num ato de prazer e aproveitar ao máximo as boas sensações que a prática pode proporcionar, tentando equilibrar os três pilares principais: físico, mental e emocional.” – Mariana Fernandes 

Qual a melhor atividade para os jovens em tratamento contra depressão?

Mariana Garcia 
Personal Trainer CREF: 011089-G/ES | @marigarcia.personal | (27) 99808-5257 

“Em uma palavra, qual sentimento te descreve logo após a prática de atividade física? Bem provavelmente, o termo “feliz” será um dos campeões. E não é por acaso; pois, ao movimentar o corpo, você libera substâncias que são capazes de melhorar o seu bem-estar. A depressão, quando acomete os jovens, em especial, logo se torna um problema, o sintoma fica desproporcional e passa a comprometer as relações dele na vida social e familiar. É nesse contexto, que a atividade física surge como uma alternativa para a saúde física e mental. É muito importante uma avaliação em cada caso, mas o essencial é transformar o treino diário num ato de prazer. Por isso, no caso de adolescentes e crianças, é importante que a atividade seja correspondente à idade e ao desejo desse jovem, que ele realmente goste; isso evita a frustração, um componente que pode prejudicar a melhora do quadro depressivo. Caminhadas, pequenas corridas, dança, natação e funcional ao ar livre, por exemplo, podem ser opções para a faixa etária mais jovem, lembrando que é preciso ter sempre o acompanhamento do profissional.”Mariana Garcia

Como o exercício ajuda a amenizar os sintomas da depressão?

George Henrique Carvalho 
Fisioterapeuta CREFITO-96543 | @georgehcarvalho | (27) 99811-2822  

“Todos estão sujeitos a desenvolver a depressão; porém, a prática de atividades física é muito importante para garantir tanto a saúde física quanto a mental. O Pilates, por exemplo, hoje em dia, é uma das alternativas mais eficientes e recomendadas; através da conexão dos princípios que priorizam a mente e o corpo, com movimentos e respirações conscientes, respeitando os limites e as condições físicas de cada um. Como consequência da prática do Pilates temos a liberação de endorfina e serotonina para o cérebro, maior aporte de oxigênio, relaxamento muscular e flexibilidade, desencadeando a elevação da autoestima e da autoconfiança, maior sensação de prazer e de bem-estar, diminuição do quadro de ansiedade entre outros benefícios. O praticante restaura a crença em si mesmo, interrompendo o ciclo negativo e de autossabotagem provocado pela depressão.”George Henrique Carvalho

Anúncio

Veja também

IMG_1177-001

Musical marca início das férias de julho da Escola Rui Barbosa

Thatabuleiro (2)

Administradora aposta no aluguel de jogos de tabuleiro; ‘brincadeira’ ajuda no desenvolvimento cognitivo e social

Anúncio
grande_rio_loja2

Grande Rio promove sorteio para comemorar 35 anos de história em Guarapari

No dia 31 deste mês, acontece o sorteio do kit de um quarto de casal completo

Casa-do-Construtor-fachada

Obras com facilidade e conveniência em Guarapari: Casa do Construtor aluguel de equipamentos

dentista-sou-38

ESPECIAL SAÚDE: boca saudável para um corpo idem

psicologia-capa-sou-38

ESPECIAL SAÚDE: corpo e mente; o alcance das emoções