Anúncio

Alerta: cuidados e observação são importantes mesmo após recuperação da Covid-19

Conversamos sobre o tema com o médico especialista em clínica médica, Dr Nilton Santos Leite

por Gislan Vitalino

Publicado em 17 de junho de 2022 às 10:30
Atualizado em 17 de junho de 2022 às 10:32
Anúncio
. “O pós-covid tem uma das piores consequências que temos observado”, alerta Dr. Nilton Santos Leite. Foto: HM Comunicação.

Depois de afetar a maior parte da população do mundo com sintomas gripais e síndromes respiratórias podendo se tornar grave e até fatal, a Covid-19 traz agora uma nova preocupação para os profissionais da saúde. Após a recuperação inicial da doença, alguns sintomas permanecem, inclusive com a possibilidade de causar graves problemas para os pacientes recuperados.

Segundo o médico Dr. Nilton Santos Leite, o número de pacientes que têm apresentado sintomas após a recuperação da doença é alarmante. “O pós-covid tem uma das piores consequências que temos observado. Em primeira escala, vemos a diminuição do olfato, do paladar, exacerbação da asma, da bronquite, pneumonias de repetição, e a piora da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), isso pensando só na parte do pulmão”, explicou o médico. Fatores como a queda de cabelo, esquecimentos, enfraquecimento das unhas, sonolência, desânimo, dores nas juntas e impotência sexual, tanto em homens, quanto em mulheres, também aparecem entre os sintomas apresentados.

De acordo com o profissional, tais riscos podem se agravar ainda mais, nos casos em que o paciente possui histórico ou hábitos de vida não saudáveis.  “As consequências, nesses casos, são muito maiores do que nos demais. Todos esses sintomas apresentam riscos pincipalmente para os que são usuários do cigarro e do álcool”, contou.

Trombose 

Além dos riscos citados, uma doença grave também preocupa os pacientes após a recuperação da Covid-19: a trombose. O médico explica que a doença tem alterado o comportamento da coagulação sanguínea, aumentando os níveis do Dímero D, indicador do risco de trombose.

“Em todos os acompanhamentos, temos vasculhado a fundo com diversos exames. Avaliamos hemograma completo com glicose, colesterol, triglicerídeos, ácido úrico, ureia, sódio, potássio, tireoide, vitaminas como o magnésio, cálcio, zinco, vitamina D, B12, C e o dímero D, que é um marcador de trombose. O vírus da Covid-19 tem diminuído essas vitaminas, e aumentado o dímero D”, afirmou Dr. Nilton. “Se não houver atenção, o paciente vai desenvolver a trombose”, ressaltou.

Acompanhamento deve ser contínuo 

O médico destaca ainda que o acompanhamento com profissionais de saúde capacitados deve ser contínuo. “Minha teoria é que, em alguns casos, pode haver a necessidade de doses baixas de mediações anticoagulantes de forma contínua”, contou. Mesmo nos casos em que pacientes testaram positivo para Covid-19 de forma assintomática, ou que não chegaram a realizar o teste, a orientação é que busque um profissional de saúde para avaliar os níveis de vitaminas e dímero D no sangue, de forma a amenizar os riscos de trombose.

Vacinação 

Por fim, o médico destaca a importância da vacinação contra a Covid-19 como forma de amenizar os riscos da doença. “É muito importante. A Covid-19 tem se manifestado com um risco muito menor entre os vacinados. 95% das pessoas que hoje estão dentro das UTIs são pessoas não vacinadas. Temos diversos casos em Guarapari de pessoas vacinadas que foram para a UTI e que hoje estão em casa, recuperados. Entre os não vacinados, infelizmente, a realidade não é essa”, concluiu o médico.

Dr. Nilton Santos Leite (CRM/ES 5016) médico, especialista em clínica médica e pós-graduado em urgência, emergência e UTI.
Endereço: R. Horácio Santana, 160 Edif. Medical Center- Parque da Areia Preta.
Telefone: 27 3361-4205 

Anúncio

Veja também

Geak-sede-1

Campanha para arrecadar roupas e alimentos é realizada por grupo espírita em Guarapari

Grupo está arrecadando também cestas básicas e cobertores

Lançamento do livro o jardineiro

Obra infantil tem ilustração de jovem autista de Guarapari

Anúncio
alimentacao_animal-obesidade_canina

Obesidade canina: dois passos para manter o peso saudável do animal

qiabo-gigapixel-6_00x

Receita: Frango com quiabo

Aromatic oil diffuser lamp on the table on a blurred background with a beautiful spring bouquet of tulips and burning candles .

Os benefícios da aromaterapia

NOIVA-1

Brilho das Noivas surpreende em evento estadual