Anúncio

A vida começa aos 50

por Redação Revista Sou

Publicado em 16 de março de 2023 às 11:21 / Atualizado em 16 de março de 2023 às 11:25

Bem resolvidas, plenas, independentes e cheias de vida. Assim são as mulheres aos cinquenta anos de idade! A marca, que antes era o momento de se “aposentar” das mais diversas atividades e prazeres, representa, agora, o pontapé inicial para uma vida completa, feliz e muito mais satisfatória. As chamadas cinquentonas estão onde querem estar e, seja no trabalho ou na vida social e familiar, detêm as rédeas e desfrutam da mais pura da liberdade. Aos 50, as mulheres estão longe da velhice e cheias de vitalidade, carregam com elas segurança, sabedoria e força; elas têm a consciência de usar o tempo ao próprio favor e usufruir de tudo que cinco décadas puderam proporcionar – muito aprendizado em meio às experiências boas e ruins, assim como muito amor, gratidão e maturidade também. Na “casa dos cinquenta” estão os exemplos a seguir, que compartilham sentimentos e perspectivas de estarem na linha de largada, prontas para encarar o lindo percurso da vida a partir dos 50 anos.

Dora Nossa

“Com cinquenta anos já passei por muitas situações, tanto boas quanto ruins, e elas são minhas cicatrizes, minha história de vida. Do passado carrego aprendizado e boas memórias, do futuro não crio expectativas, apenas quero vivê-lo. Acredito que todos os dias somos presenteados com um novo dia e temos a chance de renascer a cada manhã e viver plenamente esse presente que Deus nos dá. E é isso que tenho feito e quero continuar fazendo nesse novo ciclo que se iniciou, viver intensamente ao lado das pessoas que amo sem me distanciar da minha essência. Sou grata a Deus pela família que eu nasci, eles foram a minha base e devo a eles a pessoa que sou. Também sou grata a Deus pela família linda que formei ao lado meu marido Orly, que me deu dois enteados maravilhosos, Thiago e Lucas, e dois filhos tão maravilhosos quanto, João Pedro e Nicolas; tenho muito orgulho deles, eles são minha alegria e meu refúgio. No mais, quero continuar tirando proveito da vida, aprendendo e cultivando boas memórias sem nunca esquecer de onde eu vim. Porque para mim as melhores ‘coisas’ da vida não são as coisas.” Dora Nossa, empresária

Geovana P. C. Braga

“Como sou grata a Deus por chegar aos 50 anos com saúde. Ao longo desses anos, vivenciei momentos felizes e tristes, mas que fazem parte da minha trajetória. Nasci em uma família linda, encontrei um marido maravilhoso que me faz muito feliz, filhas lindas que muito me orgulham e me transformam em uma mãe cada vez melhor. Hoje tenho a oportunidade de estar aqui podendo vencer os obstáculos que a vida me traz e as vitórias me fazem uma mulher realizada! Portanto, tenho vários motivos para comemorar meio século de vida.” Geovana P. C. Braga, do lar

Heloiza Brandão Rocha

“Tudo na vida tem começo, meio e fim. E a vida não se encerra aos 50 anos. Esse é um momento para alcançar a clareza, ressignificar tudo o que foi aprendido e até mesmo renascer com muita alegria e disposição, realizando sonhos. Quem sabe até aqueles que foram deixados para trás. Confesso que estou entrando nessa fase com uma enorme felicidade em meu coração. A gratidão inunda o meu peito e só desejo que este novo ciclo me surpreenda positivamente!”Heloiza Brandão Rocha, empresária

Cíntia B. Goltara Zouain

“Acabei de completar 50 anos e pensei que isso fosse me aterrorizar, mas não. Me sinto melhor agora do que quando tinha 20 e poucos. É claro que o colágeno não é mais o mesmo, as ruguinhas já estão aparecendo (ainda bem que para isso sempre tem um jeitinho -risos), mas quando me olho no espelho eu gosto do que vejo tanto no aspecto físico quanto no da maturidade emocional. Penso: já tenho meio século de experiências vividas que me fizeram chegar até aqui! Hoje me sinto livre para envelhecer e não dou mais importância às críticas, acho que o fundamental é estar bem comigo mesma e fazer o que me faz sentir bem. Vejo que não há idade limite para a plenitude e para experienciar a vida com qualidade e prazer. É o que a maturidade me trouxe.”Cíntia Broseghini Goltara Zouain, empresária

Luciene Januzzi de Paula

“Cinquentei’ em 2019 cheia de planos para minha vida 50+. Veio a pandemia e meus planos tiveram que esperar, mas não morreram. Não tenho indicação para fazer reposição hormonal e, em função disso, o desafio da menopausa com saúde ficou mais complicado. Mas depois dos 50 parece que eu vi a vida chegando na metade (sim, eu quero viver 100 anos) e a vontade de viver mais e melhor só aumentou. Primeira decisão, atividade física mais do que nunca. Mesmo na pandemia, eu tentei não parar. Bom, valeu a pena. Hoje eu estou com 53 e vou estrear no triatlo – nadar, pedalar e correr. Me preparei para isso, nunca pensei que fosse capaz, mas está se tornando realidade e é muito importante para minha vida pessoal, minha saúde física e mental. Não ter tempo é só uma desculpa para quando não temos prioridade na vida. Sou casada, tenho família, filhos, casa, cachorros, trabalho e tudo se encaixou harmoniosamente. Parece que depois dos 50, a coragem que faltava aparece! Viva nós, as cinquentonas!”Luciene Aguiar de Paula, empresária

Veja também

WhatsApp-Image-2024-05-14-at-11.38.11

Marcado para julho, “Eita, sô” está com ingressos à venda em Guarapari

Segunda edição do arraiá beneficente acontece no dia 7 do próximo mês

Festa Junina RB 2024 (1)

Integração família e escola marca tradicional Festa Junina da Escola Rui Barbosa

Centro-de-Eventos-Morangao

Domingos Martins se prepara para mais uma Festa do Morango; confira a programação

baile_sou_2024 (549)

Baile da Sou – galeria de fotos

baile_sou_2024 (289)

Noite consagra evento da Sou e marca momento de confraternização

czechoslovakian wolf dogteeths  in front of white background

Tártaro ou tartarectomia?