Anúncio

A escoliose na infância

por Revista Sou

Publicado em 18 de maio de 2023 às 11:18 / Atualizado em 18 de maio de 2023 às 11:18
Anúncio
Foto: reprodução

O que é escoliose?

A escoliose é um problema muito comum entre as crianças, é um desvio na coluna vertebral, que pode ser classificada em dois grupos: a escoliose funcional ou não estrutural; e a escoliose morfológica ou estrutural. A escoliose idiopática é o tipo mais comum em adolescentes e crianças, prevalecendo em 80% dos casos de escoliose. Os desvios na coluna podem ser em forma de “C” ou “S” e eles podem ocorrer tanto para o lado esquerdo quanto para o lado direito. É mais comum no sexo feminino e se apresenta com mais frequência no pico da puberdade. Muitas vezes, essa alteração acontece sem que os pais perceberem, podendo causar dores, desconfortos e futuros problemas na coluna. Afinal, se não houver um tratamento e a identificação precoce, o problema poderá evoluir para o comprometimento nas funções respiratórias e surgimento de dores nas costas na fase adulta.

A importância do diagnóstico precoce da Escoliose Infantil

O diagnóstico é feito por meio de exames de imagem, anamnese e testes específicos executados por um profissional. Nele é feita a medição do grau de desvio da coluna e classificação da severidade. Os exames de imagem ajudarão a detalhar o caso. Vale ressaltar que se o desalinhamento for abaixo de 10 graus, a condição se enquadra apenas como desvio lateral da coluna, não escoliose. Apesar de não apresentar sintomas clínicos, a escoliose infantil pode ser identificada por meio do alinhamento dos ombros; se um lado estiver mais caído que o outro, é possível que a criança sofra com a doença. Sendo assim, o paciente não consegue se manter completamente ereto. O reconhecimento dessa má postura é fundamental para que haja uma investigação clínica, assim o quanto antes o problema for reconhecido, maiores serão as chances de um tratamento bem-sucedido.

Papel da Fisioterapia no tratamento da Escoliose Infantil

Em alguns casos o médico especialista opta por uso de coletes e acompanhamento com Fisioterapeuta. O tratamento fisioterapêutico serve para prevenir, melhorar a dor e aumentar a qualidade de vida do paciente, aprimorando o fortalecimento muscular, a mobilidade e a amplitude de movimento na coluna. Lembrando que crianças com baixos graus de desvio também têm indicação de fazer o tratamento com Fisioterapia e manter cuidados como evitar o sedentarismo e a má postura, além de alimentação equilibrada para prevenir a obesidade. Esses cuidados podem evitar que o desvio evolua para escoliose. Procure ajuda profissional de um Fisioterapeuta para uma avaliação mais específica.

Temos aqui na Clínica Fisiotrata tratamentos específicos para cada paciente, como o Pilates e a Correção Postural com métodos adequados para cada grau avaliado!

Fisiotrata Fisioterapia

Fisioterapeutas:

Dra. Ana Paula de Souza Barros | Fisioterapeuta

Dr. Moisés Eduardo Lins Casado | Fisioterapeuta

Fisiotrata Fisioterapia | Crefito 15 RE/373_ES

Endereço: Rua Marcílio Dias, n° 313 – Muquiçaba (Prainha) | Guarapari/ES

Telefone: (27) 3362-8146

WhatsApp: (27) 98113.0365 | (27) 98113.0486

Instagram: @clinicafisiotrata_

Anúncio

Veja também

cantata de natal maple bear (11)

Cantata de Natal encerra período letivo na Maple Bear Guarapari

Musical com o tema “A Bela Borboleta” fez parte das ações de incentivo à leitura

image-1

Projeto Praias Limpas fecha novembro com 10 mil litros de lixo retirados das praias

Anúncio
obesidade_infantil

Obesidade cresceu em crianças e adolescentes brasileiras na pandemia

alunos-escola-angelica

Alunos da escola Angélica Paixão fazem releitura de crônica e contos durante 4ª Mostra Literária

image-1

Feira da Mulher Empreendedora: evento busca promover negócios locais

USAR-COMO-PRNCIPAL

Recém-inaugurada, Tibruf leva ‘doces com propósitos’ para a Praia do Morro