27 3361-4163 — contato@revistasou.com.br

H1N1: o que é mito e o que verdade?

Muito se fala da Gripe Suína, Influenza A, H1N1… Mas o que será verdade e o que não passa de mito? Para desvendar esses mistérios e alertar a população sobre a seriedade do assunto fomos tirar as dúvidas com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

É possível pegar H1N1 comendo carne de porco MITO

É verdade que o ciclo de vida do vírus H1N1 passa pelo porco. Mas ele só é transmitido entre as pessoas através da saliva, espirro e contato com secreções do paciente doente, da mesma forma que ocorre com a gripe comum.

 A vacina pode matar MITO

Essa teoria surgiu devido à presença de duas substâncias na vacina. O mercúrio cujo conservante etilmercúrio é o mesmo usado em outras vacinas como a da difteria e do tétano. E o óleo de esqualeno que é uma substância presente em nosso organismo naturalmente.

O paciente pode ter a doença sem apresentar os sintomas verdade

Em qualquer doença infecciosa há uma porcentagem de pacientes que não apresentam sintomas. Metade das pessoas com dengue não tem quadro clínico. Na Zika, esse número chega a 80%. Nesses casos, a infecção é controlada pelo próprio sistema imunológico do paciente.

quadro gripe h1n1

Pessoas resfriadas ou gripadas podem tomar a vacina verdade

Se estiver sem febre podem tomar a vacina. Ela é contraindicada apenas para bebês com menos de seis meses de vida, com doenças neurológicas ou que tenham alergia a ovo ou às substâncias Neomicina e Timerosal.

Quem toma a vacina fica gripado MITO

Como a vacina não possui vírus vivo, não há possibilidade de se vacinar e gerar a doença. Existe a coincidência de ficar gripado ou resfriado após tomar a vacina. Nesses casos é recomendado procurar um posto de saúde.

Os efeitos colaterais da vacina são fortes MITO  

A maioria das pessoas não sente efeitos colaterais. Mas quando aparecem duram cerca de dois dias, sendo os mais comuns: dor no local da aplicação, febre baixa e mal estar geral.

Influenza A é uma patologia exclusivamente humana MITO

Há três tipos de vírus da Influenza: A, B e C. A Influenza A pode infectar humanos, pássaros, suínos, cavalos, focas e baleias. Já a B e C são patologias humanas.

Não há diferenças nos sintomas da gripe comum e a gripe H1N1 verdade

Os quadros clínicos são os mesmos. Entretanto, a infecção grave com a necessidade de internação ou complicações fatais é mais comum na Influenza A.

A vacina pode interferir em resultados de alguns exames verdade

A vacina pode interferir na reposta de alguns testes laboratoriais para vírus como HIV-1, Hepatite C e HTLV-I (relacionado à doença neurológica e leucemia).

SOU1625

 

Como ocorre a transmissão?

Contoh bersinDireta 

Por meio de gotículas da saliva expelidas ao falar, tossir ou espirrar

Elas podem permanecer vivas no ambiente por até 72 horas

 

aperto-de-maosIndireta 

Quando se toca uma superfície contaminada por secreções respiratórias e depois leva à boca, nariz ou olhos

O vírus pode ficar ativo em algumas superfícies por até 10 horas

 

 

 

Deixe um Comentário