27 3361-4163 — contato@revistasou.com.br

Cuide do corpo enquanto se diverte

Fazer exercício ao ar livre é uma ótima maneira de entrar em forma e se divertir.

Então que tal tentar agora?

Com o sol brilhando lá fora fica difícil se confinar em uma academia para manter a forma. Ainda mais se você pode se exercitar tendo como trilha sonora o barulho das ondas do mar e sentindo a areia entre os dedos do pé. Fazer atividades físicas ao ar livre pode ser mais eficaz do que no asfalto ou ginásio – por causa da instabilidade do chão fofo, você acaba gastando mais energia para conseguir o mesmo desempenho.

Por outro lado, é preciso ter cuidados extras. O primeiro é se proteger do sol: passar filtro solar com ao menos 30 de fator de proteção e reaplicá-lo a cada duas horas ou sempre depois de entrar na água. Além disso, usar camisetas leves, de preferência de cores claras, feitas de algodão.

Estar ao ar livre pode ser a saída ideal para você entrar em forma e mudar a sua vida. E aí está preparado? Confira algumas histórias de quem decidiu mudar hábitos e fazer a diferença em exercícios simples do dia a dia.

 

Slackline

slacklineEquilíbrio sobre uma fita elástica esticada entre dois pontos. Basicamente esse é o objetivo de um esporte que tem crescido mundialmente e agora se desenvolve com mais força no Brasil. O nome desse esporte você já deve saber. Estamos falando do Slackline. Segundo Victor Ribeiro, estudante de Educação Física e praticante do esporte há três anos, o “vicio” começou por influência de amigos e a tentativa de romper obstáculos. “Eu comecei por influência de amigos, quando morava no Rio de Janeiro e não consegui parar mais”, disse Victor.

E para você que quer começar hoje a praticar, Victor Ribeiro dá uma dica: Comece agora!

“O esporte precisa de dedicação. Uma pessoa que tenta uma vez e desiste, nunca vai aprender. Primeiro de tudo, você precisa ter foco, o corpo alinhado e a mente tranquila. Concentração é a alma do slackline”, finalizou.

Benefícios: Melhora o condicionamento físico, aumento da capacidade de concentração e consciência corporal.

Gasto Calórico: Em 2h dá para perder 400 calorias!

 

Frescobol

frescobolQuem nunca tentou jogar frescobol na praia, não sabe o que é sentir o suor pingando e o melhor, com o mar disponível para aquele mergulho depois do exercício. Foi assim, só de brincadeira que Bruno Sabadini começou suas primeiras jogadas. “Eu comecei há uns sete anos atrás quanto meu pai comprou uma raquete de frescobol com uma bolinha. Eu estava com 16 anos! A partir daí passei a tomar gosto pelo esporte, comecei a praticar e chamar os amigos”, disse. A atividade é uma ótima opção para movimentar o corpo. Apesar de parecer parado, o esporte movimenta tudo, mesmo! “Ele não é um esporte de contato, então não tem problema com lesão. Além de trabalhar os braços e a coordenação motora, fortalece muito coxa e panturrilha. Sem falar que, na hora da respiração para o movimento de ataque, exige-se do abdômen”, disse Bruno.

Benefícios: Circulação corporal, reduz celulites, dá condicionamento físico e estimula a concentração e a sociabilidade.

Gasto Calórico: São entre 600 e 700 em uma hora de jogo.

 

Bike

bikeSeja por diversão ou como esporte, focando em competições, o ciclismo é uma boa forma de perder calorias e manter uma vida saudável. O marinheiro de Convés, Sebastião Carlos Machado, encontrou um grande aliado quando as partidas de futebol começaram a lesionar o seu joelho. “Sempre gostei de jogar bola, mas o impacto dos gramados me levou para duas cirurgias, foi quando descobri a bike”. Para ele a intensidade do treino é o que faz a diferença no objetivo que você quer alcançar. “Comecei participando de grupos maiores para  aprender, hoje consigo percorrer distâncias maiores. Sempre respeitando os meus limites”, completou Sebastião.

Benefícios: reduz o colesterol, ajuda a fortalecer a musculatura e melhora a qualidade do sistema imunológico,

Gasto Calórico: 300 a 500 calorias por uma hora de exercício (dependendo da intensidade)

 

Corrida

corridaA receita é a mesma da caminhada. O que funcionou para Drª Ângela de Carvalho Teixeira, que participa de corridas de ruas há mais de 11 anos, foi começar intercalando velocidades diferentes: 10 minutos de aquecimento com corrida leve, duas séries de 7 minutos de corrida moderada, com intervalo de 2 minutos de caminhada e mais 10 de corrida leve. Ela divide a medicina com o amor pelas corridas.

“Eu sempre fui atleta, jogava vôlei na minha época de faculdade e em clubes como Fluminense, Botafogo, América e até na seleção carioca universitária. A corrida me ajudava muito no condicionamento físico e preparação para os jogos e depois que me formei, ele permaneceu na minha vida como prática esportiva”, disse Ângela.

A corrida ainda pode ser um ótimo momento de reflexão e relaxamento, e ainda, um estímulo para ter objetivos na vida. “Minha meta é bater o meu tempo e sempre superar os limites, além é claro, de chegar à frente do pessoal mais novo (risos)”, brincou Drª Ângela.

Benefícios: Consome gordura, aumenta a circulação do sangue, combate os radicais livres e alivia as dores.

Gasto Calórico: Gasta entre 500 e 900 calorias em uma hora

 

Patins 

patinsPatins é uma boa forma de fazer exercício brincando. E foi assim que Vanessa Bergamini aos quatro anos ganhou seu primeiro patins e não largou mais. “Quando meu irmão ganhou o patins fiquei louca para andar e acabei aprendendo, depois meu pai comprou um pra mim e não larguei mais”, lembra. Hoje, a brincadeira de criança virou esporte. Ela pratica duas vezes na semana e tem até um grupo de whatssap para marcar as andanças com os amigos. E se você que está buscando o corpo perfeito, comece agora a andar de patins, ele é muito bom para o corpo todo. Quer ficar com o bumbum durinho? Vanessa dá a receita: “Muito bom pro corpo todo,principalmente, pras pernas e bumbum, bem melhor que muita academia!”, ensina.

Benefícios: Emagrece, define o corpo, proporciona flexibilidade e mobilidade muscular e é muuito divertido!

Gasto Calórico: Com 30 minutos sobre rodinhas, você pode queimar até 425 calorias.

 

Cuide bem de você e do meio ambiente!

Apesar de a preservação do meio ambiente nem sempre ser a motivação inicial da prática esportiva, é inquestionável o envolvimento dos praticantes com o tema. Nada melhor do que correr em uma praia limpa, não é mesmo? Fazer a sua parte é muito simples. Ande sempre por lugares que você conhece, produza pouco lixo e o que for produzido deve ser trazido de volta em uma sacola. Como diriam os experientes aventureiros: “o único rastro que uma pessoa deve deixar na natureza são suas pegadas”. Se você mora perto do local onde vai praticar o esporte, deixe o carro em casa. Você pode ir a pé ou pegar um transporte público. É claro, não se pode esquecer a hidratação: leve uma garrafinha de água de casa, isso evita a produção de lixo. Não se esqueça de se alimentar bem e manter-se aquecido quando for preciso. Com as dicas em mente, o novo atleta está pronto para aproveitar ao máximo a natureza e suar a camisa!

Por Glenda Machado

Deixe um Comentário