27 3361-4163 — contato@revistasou.com.br

Aprender a dois é sempre melhor

geisa e joseEles se conheceram no emprego, quando moravam em Colatina, e lá se vão 23 anos. Uma hora trabalhando lado a lado, outra separados e agora juntos de novo, Geiza e José Prando resolveram ir para trás do balcão há seis anos, abrindo a ACP Material Elétrico.

“Em Colatina foi pouco tempo convivendo no trabalho, pois quando a gente começou a namorar, achei por bem sair, porque também era parente dos donos do escritório da área de contabilidade. Quando a gente se casou e mudou para cá, ele foi trabalhar numa empreiteira e eu fui ser dona de casa. E assim foi por um bom tempo”, lembra Geiza.

Foi em 2009 que tudo mudou. Com a crise econômica, José resolveu ser o seu próprio patrão e convidou a esposa para se juntar a ele. “A gente passou muito perrengue, principalmente no primeiro ano. Afinal, nossa experiência era em escritório de contabilidade. Até entender o que é comprar, vender, estabelecer preço, foi muito difícil. Hoje já aprendemos o que funciona. Além disso, contamos muito com o outro. Se um estressa, o outro vai para o canto, fica quieto até ver que a situação acalmou. Ou você vira amigo no trabalho ou o relacionamento acaba”.

Além do apoio mútuo, o casal conta com duas grandes incentivadoras: as duas filhas. “Fazemos tudo pelo bem-estar e conforto delas e elas entendem que a nossa vida hoje depende totalmente da loja. Uma coisa que eu aprendi é que para ser considerado um bom pai, você deve fazer com que seus filhos sejam melhores que você. Essa é a minha meta”, diz o empresário.

Por estarem mais tempo juntos na loja que em casa, os dois confessam que é difícil separar os dois ambientes durante a semana. Mas tudo muda no final da tarde de sexta-feira. “Aí a gente para e desliga da loja. É a hora que a gente tem para sair, se divertir, seja com as filhas ou nós dois sozinhos. Existe vida fora do trabalho e temos que aproveitar”.

1 comentário

  1. […] Aprender a dois é sempre melhor […]

Deixe um Comentário